Jardim da Água nas Caldas da Rainha

O obra do Mestre!
Jardim da Água, Ferreira da Silva, Caldas da Rainha
Jardim da Água nas Caldas da Rainha, obra de Ferreira da Silva

Jardim da Água de Ferreira da Silva

em Caldas da Rainha

O Jardim da água nas Caldas da Rainha é uma composição artística do ilustre ceramista Ferreira da Silva (1928-2016).

Luís Ferreira da Silva, natural do Porto, é foi um dos maiores nomes da cerâmica nacional contemporânea e o seu percurso artístico tem ligações muito próximas com a nossa terra.

A sua ligação a Caldas da Rainha iniciou-se com o convite feito para ingressar na mítica Secla, decorria o ano de 1954, experiência que serviria, embora não exclusivamente, de rampa de lançamento para a sua extraordinária carreira.

Ainda no território caldense, esteve também ligado ao CENCAL, uma referência na formação profissional para a indústria cerâmica e à empresa Molde, umas das mais importantes fábricas de cerâmica do panorama caldense nas últimas décadas.

A obra Ferreira da Silva pode ser contemplada um pouco por todo o país, mas tem na nossa terra um impacto especial em virtude da sua permanência por cá.

Uma das mais emblemáticas obras que Ferreira da Silva deixou na nossa terra é o Jardim da Água, projecto iniciado na década de 90 do século XX, junto aos edifícios da administração do Hospital Termal.

Jardim da Água nas Caldas da Rainha, detalhe de azulejaria
Jardim da Água nas Caldas da Rainha, detalhe de azulejaria, Caldas da Rainha

A obra

O Jardim da Água destaca-se como uma das maiores obras de arte exterior/urbana em cerâmica no território nacional e como um elemento patrimonial que homenageia como nenhum outro as Caldas da Rainha e os seus dois maiores símbolos, a água e cerâmica.

Tirando partido da excepcional capacidade de Ferreira da Silva, quer do ponto de vista artístico propriamente dito, quer da sua capacidade de interligar a cerâmica com outros elementos, quer ainda com a habilidade para reproduzir tamanha obra no contexto exterior e por isso urbano, o Jardim da Água assume-se como um dos monumentos da nossa cidade.

A sua localização permite que exista uma ligação de inegável valor patrimonial entre outros espaços não menos importantes e que têm na obra de Ferreira da Silva um contributo artístico que permite como nunca até então conjugar de forma muito mais completa todos os seus vizinhos (Mata Rainha D. Leonor, Chafariz das Cinco Bicas, Hospital Distrital, Museu do Hospital e das Caldas e o edifício da Administração do Hospital).

Horário para visitar a obra

Dado que é uma obra que se encontra no espaço público sem qualquer limitação ou barreira que impeça a visualização da obra, poderás visitar a mesma no horário que mais for oportuno para ti. No entanto, a luz durante o dia proporcionará uma melhor experiência.

Localização do Jardim da Água nas Caldas da Rainha

Este é um local que não só merece uma visita pelo seu impacto cenográfico mas também pelo detalhe e técnica artística levada a cabo por Ferreira da Silva.

Jardim da Água nas Caldas da Rainha Jardim da Água, cerâmica a céu aberto,
Jardim da Água nas Caldas da Rainha, cerâmica a céu aberto

Encontra Aqui

Segue-nos